Sou livre para me expressar

Sou livre para me expressar
Deus deu a inteligência ao homem e alguns estão fazendo um mau uso dela. Muitos pensadores são a favor de tantas coisas, porém recriminam o que o outro pensa. Se nós vivemos numa democracia, deve-se então respeitar a opinião delas.
Todavia, não é assim que acontece. Quando algum cristão expõe sua opinião, as pessoas que são a favor de qualquer assunto gostam de usar trechos bíblicos para se justificar. Muitos dizem que ‘Deus é Amor’ ou ‘ Está escrito que não devemos julgar’. Geralmente estes trechos são citados quando há um assunto polêmico como: drogas, aborto e outros assuntos.
Concordo totalmente com o que eles dizem; tanto que até ponho a referência bíblica onde encontrarão estes versículos citados. Leiam 1 João 4:7-8 e Mateus 7: 1 .
Mas quero deixar um versículo. “ Certamente a mão do Senhor não está encolhida, para que não possa salvar, nem surdo o seu ouvido, para que não possa ouvir. Mas as vossas iniqüidades fazem divisão entre vós e o vosso Deus e os vossos pecados encobrem o seu rosto de vós, para que não vos ouça.” Isaías 59:1-2.
Há determinados assuntos que Deus condena e quem crê em Deus e na sua palavra e a pratica não irá concordar com pensadores que são a favor. Na Bíblia, Deus deixa claro tudo o que Ele abomina, cabe a quem crê, obedecer a sua palavra e não cometer tais pecados. São muitos os pecados que fazem com que Deus não ouça o clamor, a não ser que seja um clamor de arrependimento. Neste caso, Deus é misericordioso para ouvir e ver que estamos com os braços estendidos para Ele, esperando que o Todo-poderoso e Misericordioso venha nos salvar. Do contrário, se não há arrependimento; Ele nem ouve as nossas orações. Algumas pessoas dizem que parece que Deus não está vendo. Quem vive no pecado e não se arrepende, Deus não irá ver, pois como diz no versículo ‘os vossos pecados encobrem o seu rosto de vós’. Entende-se então que Deus não vê e nem ouve o pecador.
Muitas pessoas dizem que: “ Nunca roubei, nunca matei, não falo mal de ninguém” e classificam como se isso fosse pecado. Um pastor disse algo sobre esta maneira de pensar. Ele disse “que não faz mais que a obrigação como cidadão”.
Quando falamos para alguém que é incompetente, ou qualquer outra palavra; estamos provocando no seu coração uma ferida, fazendo com que ela se torne depressiva e roubamos, assim, a sua alegria e, além disso, se surgem comentários sobre ela, e ao chega no local, todos que estão ali conversando a respeito dela se calarem e, mudam de assunto; saibam que já está fazendo mal a ela. E isso pode ser um assassinado. E, sendo assim, é pecado aos olhos de Deus.
Jesus disse: “Novo mandamento vos dou: Amai-vos uns aos outros. Como eu vos amei a vós, assim também deveis amar uns aos outros” João 13:34 . Se eu me amo não vou usar drogas, não vou beber, ou seja, não farei nada que venha destruir a mim e não desejarei que o meu próximo venha a se destruir.
Logo, se aqueles que se dizem intelectuais zombam das opiniões dos outros, está assassinando o seu próximo. Temos a liberdade de expressar a nossa opinião seja qual for o assunto e ser respeitado por isso.
Beijos a Todos.

“Jesus Cristo é o Caminho, a Verdade e a Vida. Ninguém vem ao Pai senão por mim.” João 14:6

Deixe o pecado e Venha para Jesus.

Comentários

Postagens mais visitadas deste blog

Como podemos imitar a Deus?

O ciúme de Deus