Não o rejeite

Não o rejeite

E disse o SENHOR a Samuel: Ouve a voz do povo em tudo quanto te dizem, pois não te têm rejeitado a ti, antes a mim me têm rejeitado, para eu não reinar sobre eles.
1 Samuel 8:7.

Para que entendam este versículo. É necessário que leia o capítulo todo. Mas darei uma breve explicação. O profeta Samuel já estava velho e os filhos de Samuel não eram corretos nas suas atitudes. Por isso, o povo pediu a Samuel que constituísse um rei para julgar o povo. Como os outros povos tinham reis, o povo de Israel queria um rei também.
No entanto, conforme o livro a História dos Hebreus, o governo do povo era Teocrático, ou seja, Deus era quem reinava. Por isso, O Senhor disse a Samuel as palavras que estão no versículo acima. A palavra chave deste versículo é ‘rejeitado’.
Deus permitiu que o povo viesse ter um rei para governar, no entanto, Deus escolheria este rei. Eu não quero escrever sobre a escolha de Deus a respeito de quem seria rei. A questão é ‘ rejeitado’.
O povo rejeitou Deus. Não queria que Deus governasse. A pior coisa é rejeitar a Deus.
Penso comigo: “Será que hoje, as pessoas estão rejeitando a Deus”. Infelizmente, muitas pessoas rejeitam Deus. Não tem buscado a Deus. Tem rejeitado a sua palavra. Acreditam que conseguem o sucesso pela força do próprio braço. Isso é rejeitar a Deus.
Quantos lembraram Jesus Cristo neste natal. Não a respeito do nascimento. Mas lembrar do porquê ele nasceu, para qual finalidade do seu nascimento. Jesus Cristo nasceu para morrer. Primeiramente, Jesus nos ensinou a sua palavra, fez milagres, ressuscitou várias pessoas que morreram. A pregação de Jesus era: É chegado o reino de Deus. Jesus falou a respeito do Reino dos Céus.
Em Mateus 4:12-17 leia e entenda
“Quando Jesus ouviu que João estava preso, voltou para a Galileia”. Deixando Nazaré, foi morar em Cafarnaum, cidade situada á beira do mar, na região de Zebulom e Nafatali: para que se cumprisse o que foi dito pelo profeta Isaías: Terra de Zebulom, terra de Naftali, caminho do mar, além do Jordão, Galileia dos gentios – o povo que estava em trevas viu grande luz, e aos que estavam na região e sombra da morte, raiou-lhes a luz. Desde então começou Jesus a pregar: ARREPENDEI-VOS, POIS ESTÁ PRÓXIMO O REINO DOS CÉUS.
Talvez esteja se perguntando: O que tem a ver com rei que foi pedido a Samuel e Jesus.
O Senhor Jesus não existia fisicamente nos tempos do profeta Samuel, mas Deus reinava naquela época e Jesus estava com Deus, afinal de contas Deus e Jesus são um e Deus tinha um plano para Jesus e este plano era de fazer o Senhor Jesus Rei dos reis. Entenda algo muito importante; Jesus sempre existiu desde a criação do universo. Tudo foi criado por Ele e para Ele. “ No princípio era o Verbo, e o Verbo estava com Deus, e o Verbo era Deus. Ele estava no princípio com Deus. Todas as coisas foram feitas por meio dele, e sem ele nada do que foi feito se fez” João 1:1-3

Desde que Deus tirou o povo do Egito, o povo murmurava. Não havia uma confiança cega em Deus. Confiar cegamente em Deus significa que o governo está nas mãos de Deus. Ele é quem direciona a cada um que confia nele. O povo queria ser livre, mas queria ser livre da maneira deles tendo tudo na hora deles e não no tempo determinado por Deus. Um exemplo é nas águas de Mara (leia êxodo 15:23-24). Deus sabia que o povo precisava de água. Não era necessário murmurar dizendo que era melhor estar no Egito, pois lá tinha água, tinha carne, cebola e etc. Mas, o povo preferiu murmurar. As águas amargas se tornaram doce e eles beberam, saciando a sede. Porém a murmuração não acabou por ai. Foram vários os momentos de Murmúrios, E Deus foi suportando até que eles fizeram o bezerro de ouro. Deus queria matar todos que estavam adorando outro deus. Porém, a intercessão de Moisés livrou alguns da morte. Moises sempre intercedia pelo povo. Houve momentos que alguns tiveram que morrer até que chegou o momento em que homens e mulheres que viram os feitos de Deus no Egito, morreram no deserto e tudo por causa da murmuração, a falta de confiança em Deus leva a morte. Somente Josué e Calebe entraram na terra prometida. Josué e Calebe viram o que Deus fez no Egito. Junto deles estavam homens e mulheres que não viram o que Deus fez no Egito. Estes entraram em Canaã.
A murmuração é uma forma de rejeição. Pois não tem confiança em Deus e não crê que Ele irá fazer algo para que a vida seja melhor. [Eu mesma que estou escrevendo estas palavras e olho para a mulher interior e vejo que tenho murmurado, logo, tenho rejeitado a Deus, pois tenho feito coisas pelo meu próprio tempo e entendimento, por isso. Peço perdão a Deus pela minha murmuração, minha falta de confiança em Deus. Que estas palavras, venham estar gravadas no meu coração. Não quero fazer nada pelo meu próprio entendimento, eu quero o discernimento de Deus, pois é muito melhor do que o meu discernimento.].
Pedir um rei para governar o povo. Isto significa que Deus não está fazendo o melhor.
Talvez você esteja se perguntando, mas Deus permitiu que Samuel ungisse um homem para ser rei. Sim, Deus permitiu e, por isso tudo que acontece ao nosso redor, é por permissão de Deus. Se nós temos hoje um bom governante no Estado, no País é porque Deus permitiu que ele vencesse as eleições. Da mesma forma que se tivermos um governante ditador, também é por permissão de Deus.
O povo de Israel estava em pecado e Deus estabeleceu para dominar o povo o rei Nabucodonosor, um rei ditador, porém, em alguns momentos maravilhosos reconhecia o Deus de Israel. Leia o livro de Daniel e saberá melhor sobre ele.
Deus estabelece reis e destrói. Ele faz o que bem entender só pelo fato de ser quem Ele é. Ele é Deus Soberano, Eterno, o Criador de tudo que existe. E como podemos rejeitar um Deus assim? Mas rejeitamos. Acreditamos que podemos fazer tudo, desde que tenhamos saúde. E é justamente aqui que recorrem a Deus. Quando a nossa saúde não está boa. Quando os médicos dizem que não tem cura para esta enfermidade. Alguns ainda insistem em rejeitar a Deus. Mas muitos reconhecem que precisam de Deus e buscam o perdão de Deus pelo tempo que o rejeitou.
“... o povo que estava em trevas, viu grande luz...”.
Quantas pessoas vivem em trevas. Estão mergulhados na lama do pecado, estão cada vez mais perdendo a visão e muitos que já estão cegos e não pode mais ver a luz para orientá-los e sair das trevas. Porém, embora esteja ‘cego’, a audição deve estar perfeita para ouvir a voz da Luz. Pois é, esta Luz tem voz, e ela chama o seu nome. Lázaro estava morto há quatro dias. Lázaro não podia ver a luz, pois havia até mesmo lenço envolta do seu rosto. Mas a audição dele ouviu a voz da Luz que chamou pelo nome e Lázaro ressuscitou.
Jesus é a Luz deste mundo. E este mundo jaz nas trevas. Olhe para Luz, ouça a voz da Luz e não rejeite este chamado. Não rejeite este rei. Jesus é Rei. Ele governa o Universo, imagina então o que Ele poderá fazer na vida daquele que não o rejeita?
Saul foi o rei que Deus escolheu, porém ele não foi reto; fez coisas que não era para ele fazer, não obedeceu a Deus e, por isso, Deus o rejeitou para ser rei. E Deus escolheu Davi.
Davi foi corajoso. Ele enfrentou Golias e venceu. Davi era um verdadeiro adorador. Ele pecou, fez coisas que Deus não se agradou, mas a excelência de Davi estava no profundo arrependimento. E quando buscava a Deus pedindo perdão pelos seus pecados, Deus ouvia o coração de Davi; Deus ouve a sinceridade da alma que se arrepende.
Devemos ser excelentes assim como Davi foi. Reconhecer que é pecador e nos arrepender. Arrependimento é diferente de remorso. Remorso é algo que nos deixa triste, mas passado um tempo, nós retornamos a fazer o errado novamente. Arrependimento é profundo de tal maneira que não retorna a fazer o errado.
Depois, Davi passou o reino para seu filho Salomão. Salomão pediu sabedoria a Deus para governar. Salomão escreveu os livros de Cantares, Eclesiastes e o Livro que considero como o livro que nos leva a Deus; o livro de Provérbios. Todos os livros da Bíblia nos leva a Deus. Mas se reparar, o livro de Provérbios contém 31 capítulos. Se eu ler um capítulo a cada dia e praticar o que está nele escrito, agirei com sabedoria em tudo. O Temor do Senhor é o princípio da sabedoria. “O temor do Senhor é o princípio do conhecimento, mas os loucos desprezam a sabedoria e a instrução.” Provérbios 1:7 Veja só este versículo. É chamado de loucos aqueles que desprezam, “rejeitam” a sabedoria, a instrução.
A Bíblia é o livro que nos instrui no caminho que devemos andar. Estas palavras não são minhas, mas são do rei Davi que após ter pecado e buscado o perdão, escreveu este salmo que é uma verdadeira oração. Leia o Salmo 32:1-11. Neste salmo você encontrará sobre o ‘instruir no caminho que deve andar'.
Não rejeite a Deus. Não negue a excelência das suas palavras. Creia inteiramente em Deus. Confie que tudo fará por você. As lutas vêm. A perseguição é certa em nossa vida, A tribulação com certeza baterá na nossa porta. Mas Deus nos dá o escape. Ele mostra onde devemos nos refugiar e ter a segurança total na fenda da Rocha.
Busque a Deus. Permita que Ele venha reinar em ti.

Kátia
26/12/2011

Comentários

Postagens mais visitadas deste blog

Como podemos imitar a Deus?

O ciúme de Deus