Sou a Kátia, Adoradora

Minha foto
São Paulo, São Paulo, Brazil
Eu sou Adoradora, Sou Intercessora, Amo a palavra de Deus. Quero deixar as coisas velhas para viver o novo de Deus. Quero ser útil para Deus e não ser um vaso apenas para deixar de enfeite na estante e ser cheio de lixo. Quero ser um vaso para ser cheio de todo bem que Deus tem para mim. Quero ter discernimento, quero conhecer a Deus, quero aprender verdadeiramente o que é morrer para este mundo e viver somente para Deus, coisa que até ontem, não aprendi.

Seara é grande

Seara é grande
" Seara é realmente grande, mas os ceifeiros são poucos."Mateus 9:37

domingo, 26 de fevereiro de 2012

Paulo César Baruk - Dependo de Ti

Paulo César Baruk - Dependo de Ti

Danos por causa da desobediência

“Procuras tu grandezas? Não as busques. Pois eu trarei mal sobre toda humanidade, diz o Senhor, mas a ti darei a tua alma por despojo, em todos os lugares para onde fores”. Jeremias 45:5 As palavras acima foram ditas a Baruque, escrivão de Jeremias. Baruque estava cansado de tanta tristeza e procurava descansar, pois a luta era muito grande. Quem leu o livro do Profeta Jeremias sabe que este profeta foi levantado por Deus para profetizar ao povo de Judá. Veja Jeremias 1:2. O povo se desviou dos caminhos de Deus. Eles deixaram de cumprir os mandamentos do Senhor e seguiram a outros deuses. E, por isso, Jeremias foi levantado para falar ao povo para que se convertam dos seus caminhos maus e voltasse para Deus. Jeremias profetizava, mas o povo não dava atenção. No capítulo 44:16-19 relata algo que entristeceu a Deus profundamente. Leia logo abaixo os versículos que foram citados. “Quanto à palavra que nos anunciaste em nome do SENHOR, não obedeceremos a ti; Mas certamente cumpriremos toda a palavra que saiu da nossa boca, queimando incenso à rainha dos céus, e oferecendo-lhe libações, como nós e nossos pais, nossos reis e nossos príncipes, temos feito, nas cidades de Judá, e nas ruas de Jerusalém; e então tínhamos fartura de pão, e andávamos alegres, e não víamos mal algum. Mas desde que cessamos de queimar incenso à rainha dos céus, e de lhe oferecer libações, tivemos falta de tudo, e fomos consumidos pela espada e pela fome. E quando nós queimávamos incenso à rainha dos céus, e lhe oferecíamos libações, acaso lhe fizemos bolos, para a adorar, e oferecemos-lhe libações sem nossos maridos?” Jeremias 44:16-19 O povo escolheu seguir o próprio caminho. O fim desta desobediência foi: muitas pessoas morreram de fome, de peste ou pela espada; muitos destes morreram porque foram para o Egito, o que não foi permitido por Deus. O templo que foi feito pelo rei Salomão, filho de Davi, foi destruído e os utensílios que foram consagrados para Deus foram levados para Babilônia. “Queimou a casa do Senhor, a casa do rei, e todas as casas de Jerusalém. Incendiou todas as casas importantes.” Jeremias 52:13. “Quebraram os caldeus as colunas de bronze que estavam na casa do Senhor, as bases, e o mar de bronze que estavam na casa do Senhor, e levaram todo o bronze para Babilônia. Também tomaram as caldeiras, as pás, os garfos, as bacias, os recipientes de incenso, e todos os utensílios de bronze, com que se ministrava. O comandante da guarda imperial tomou os copos, os incensários, as bacias, as caldeiras , os castiçais, os recipientes de incenso e as taças , tudo o que fosse de ouro puro ou de prata.” Jeremias 52:17-19. Toda esta tragédia aconteceu por causa da desobediência. Não era atoa que Baruque estava triste e cansado. Ele sabia que Deus não estava se agradando da maneira que o povo caminhava e ouvia de Jeremias as palavras que vinha de Deus e escrevia. Tanto Jeremias quanto Baruque sofria muito por causa de tudo isso. [Creio que Jeremias não chorava sozinho por causa de todas estas coisas, acredito, pela fé que Baruque também era companheiro de choro de Jeremias]. Atualmente não é diferente. A palavra de Deus veio para o povo que deveria seguir aos mandamentos que foram ordenados por Ele através dos seus quarenta fieis seguidores, pois para quem não sabe, a Bíblia foi escrita por quarenta escritores que foram inspirados pelo Espírito Santo de Deus. “Pois a profecia nunca foi produzida por vontade dos homens, mas os homens santos da parte de Deus falaram movidos pelo Espírito Santo.” 2 Pedro 1:21 Quarenta homens santos movidos pelo Espírito Santo escreveram as palavras de Deus que constam neste Livro Sagrado que chamamos de Bíblia. E desde Gênesis até Apocalipse são Palavras do Senhor. Por isso, a Bíblia não deve ser visto como um livro qualquer. A Bíblia deve ser lida com reverência, com o coração quebrantado e contrito, com um verdadeiro arrependimento dos seus pecados. Por isso, também é um livro que em alguns países é proibido de ler, dizem que é um ‘livro envenenado’; já disseram, até mesmo, que quem lê este livro fica ‘louco’, sendo que louco é quem despreza as escrituras. “O temor do Senhor é o princípio do conhecimento, mas os loucos desprezam a sabedoria e a instrução”. Provérbios 1:7. No entanto, muitos têm desprezado as palavras deste livro Santo. Não acreditam que suas palavras são verdadeiras. É interessante assistir alguns programas como: History, National Geography e outros; pois eles tratam de alguns assuntos como: alienígenas que apareceram na terra e o povo que aqui estava viu e acreditou que eram deuses. Eles falam de assuntos deste tipo e com uma seriedade que eu não consigo acreditar que falam sério sobre este assunto. Mas quando se trata dos fatos bíblicos, eles fecham o rosto e chamam aqueles que acreditam de ignorantes, pessoas sem instrução académica. Mas, ainda há tempo para eles e para cada pessoa que lê esta mensagem. Basta crer que, através da morte e ressurreição de Jesus Cristo, todas as pessoas tem livre acesso ao Pai, desde que: Reconheçam que são pecadores e que precisam do perdão do Senhor. Que recebam Jesus Cristo como Único Senhor e Salvador, ou seja, a vida de roubo, assassinato, idolatria, feitiçaria, prostituição, avareza e tantas outras perversidades e abominações devem ser abandonadas. Serão novas criaturas lavadas e remidas no sangue de Jesus. Muitos ouvem e até falam, talvez até sem sabedoria ou por zombaria: “O sangue de Jesus tem poder”. De fato, o sangue de Jesus tem poder e sabe para quê; Leia abaixo os versículos: “Mas, vindo Cristo, o sumo sacerdote dos bens futuros, por um maior e mais perfeito tabernáculo, não feito por mãos, isto é, não desta criação, Nem por sangue de bodes e bezerros, mas por seu próprio sangue, entrou uma vez no santuário, havendo efetuado uma eterna redenção. Porque, se o sangue dos touros e bodes, e a cinza de uma novilha esparzida sobre os imundos, os santifica, quanto à purificação da carne, Quanto mais o sangue de Cristo, que pelo Espírito eterno se ofereceu a si mesmo imaculado a Deus, purificará as vossas consciências das obras mortas, para servirdes ao Deus vivo? E por isso é Mediador de um novo testamento, para que, intervindo a morte para remissão das transgressões que havia debaixo do primeiro testamento, os chamados recebam a promessa da herança eterna”. Hebreus 9:11-15 No antigo testamento, os sacerdotes sacrificavam os animais para expiação do pecado. [leia levíticos 4,5,6, 7,16].Mas, quando Jesus Cristo nasceu, o destino dele já estava traçado. Ele morreu, o seu sangue puro, inocente tem o poder de apagar o pecado daquele que se entrega ao Senhor Jesus. Muitos, ainda, acreditam em ‘maldição familiar’. Quando tiver entendimento do sacrifício de Jesus na cruz, vai entender que não existe mais maldição familiar para aquele que crê em Jesus, pois Jesus se fez maldição por nós. (Plagiando uma pessoa querida: ‘Que isso’!). Pois é, veja o que Paulo escreve a respeito disso: “Cristo nos resgatou da maldição da lei, fazendo-se maldição por nós, pois está escrito: Maldito todo aquele que for pendurado no madeiro”. Para que entenda a importância de ser obediente a Deus, guardando e cumprindo os seus mandamentos, para não sofrer como Jeremias e Baraque, pois viram o povo perecerem nos seus pecados; leia que bênção de Deus para sua vida, se for obediente: “Ele (Jesus) nos resgatou para que a bênção de Abrãao chegasse aos gentios por Jesus Cristo, e para que pela fé nós recebêssemos a promessa do Espírito”. Deus disse a Abrãao que todas as famílias da terra seriam benditas. Leia Gênesis 12:1-3. Nós somos gentios e esta bênção chegou até nós através do sacrifício de Jesus, através do seu sangue derramado por nós. A sociedade quer seguir o próprio caminho. Buscam deuses que nada podem fazer. Acreditam na força do próprio braço, acreditam em horóscopo, acreditam em espíritos que morreram e que volta trazendo alguma mensagem, e até chama de ignorante àqueles que buscam a Deus. Mas não sabem quanto mal estão atraindo para si. Tantas tragédias já aconteceram: terremotos, tsunamis e muitos dizem que é a ‘mãe natureza’ se vingando do homem. Eu digo que é a mão de Deus que está agindo. Estamos vivendo o que está escrito no livro do Apocalipse. Não falta muito para que aconteçam outros fatos que estão escrito neste livro maravilhoso. Não sei quantas pessoas leem esta e tantas outras mensagens que envio e não tenho ideia se está fazendo algum efeito no coração de quem lê. Mas peço a Deus que cada pessoa que lê esta mensagem venha ter um encontro com o Senhor Jesus e que a salvação venha alcançar a sua vida. Estas palavras são, primeiramente para mim, porque necessito de Deus, talvez até mais do que outros. Que estas palavras venham estar gravadas no meu coração, pois não quero sofrer o dano por ser desobediente a Deus. Kátia 26/02/2012

quarta-feira, 22 de fevereiro de 2012

Carlinhos Félix "Primeiro Amor"

Oração pelos missionários

Senhor, quantas bênçãos tu tens para aquele que confia em ti, aquele que nunca deixa que o primeiro amor morra. Ajude-nos a estar sempre firmado em ti, pois a peleja é dura, mas em ti temos a certeza da vitória. Estenda as suas mãos sobre as nações que estão sendo assoladas pelo inimigo. Quantos missionários e missionárias estão sofrendo, estão sendo torturados, forçados para negar ao Senhor Jesus. Sabemos que a perseguição virá, mas também sabemos que o Senhor é o refúgio, Tu és o socorro bem presente nos momentos de angústia. Usa homens e mulheres de coração aberto para receber o evangelho e que possa socorrer estes missionários e missionárias. Supra as necessidades que eles tem, seja em dinheiro, roupas, remédios ou materiais de evangelização. Tu és o dono do ouro e da prata. Em ti podemos confiar completamente. Em nome de Jesus, faço este pedidos aos meus irmãos que estão fazendo a sua obra em lugares cheio de dor, fome, tristeza. Que a sua alegria que é a força deles venha encher o coração de cada um deles. Em nome de Jesus. Amém

Carlinhos Felix Basta querer

terça-feira, 21 de fevereiro de 2012

Olhe, creia e seja salvo

“Assim como Moisés levantou a serpente no deserto, da mesma forma importa que o Filho do homem seja levantado, para que todo aquele que nele crê tenha vida eterna.” João 3:14. O versículo acima são palavras do Senhor Jesus quando conversava com Nicodemos. Para que entenda o significado da ‘serpente’ que aparece neste diálogo, vamos conhecer um fato que aconteceu muito tempo atrás, nos tempos de Moises. Leia os versículos abaixo: Números 21 4 Então partiram do monte Hor, pelo caminho do mar Vermelho, para contornarem a terra de Edom. Mas o povo tornou-se impaciente no caminho; 5 falaram contra Deus e contra Moisés, dizendo: Por que nos fizestes subir do Egito, para morrermos neste deserto? Aqui não há pão nem água, e nossa alma detesta este miserável pão. 6 Então o Senhor enviou contra o povo serpentes venenosas, que os picavam, e morreu muita gente de Israel. 7 O povo veio a Moisés, e disse: Pecamos, pois temos falado contra o Senhor e contra ti. Ora ao Senhor que tire de nós as serpentes. Então Moisés orou pelo povo. 8 Disse o Senhor a Moisés: Faze uma serpente, e põe-na sobre uma haste. Todo aquele que for mordido, e olhar para ela, viverá. 9 Moisés fez uma serpente de bronze, e a pôs sobre uma haste. Então quando alguém era mordido por alguma serpente, se olhava para a serpente de bronze, vivia. Nestes versículos há muitos ensinamentos de Deus para nós. Elencarei os fatos para que possamos entender cada uma delas. 1º. Deus não suporta murmuradores. No verso 4 diz que o povo estava contornando a terra de Edom, e o povo tornou-se a ser impaciente e no verso 5 está registrada a murmuração do povo. O povo levantou-se contra Deus e contra Moisés. Primeiro ensinamento. Por mais que esteja difícil a situação, nunca devemos nos levantar contra um líder espiritual. Moisés era o líder espiritual do povo. Moisés é quem tinha contato com O Poderoso Deus. Agora, somos pessoas inteligentes e vamos analisar: Se nos levantar contra um líder da terra, que é um homem que tem falhas não é bom, imagine então se levantar contra Deus... Pois é, o povo se levantou contra Deus. Qual a resposta de Deus, as serpentes venenosas. Mas antes de falar sobre as serpentes, quero chamar a sua atenção para as palavras que o povo disse a Moisés, mas que foi bem ouvida por Deus: ‘ Por que nos fizestes subir do Egito, para morrermos neste deserto?’ O povo fez esta pergunta a Moisés, esperando uma resposta. Moisés não respondeu ao povo. O povo vivia no Egito como escravo. É certo que tinha água, comida; mas não tinha liberdade, não podia ir e vir, era vigiado e açoitado. Por isso, clamou a Deus para que libertasse o povo desta escravidão, não suportavam mais viver sem liberdade, tendo trabalho duro e sendo açoitado. Deus ouviu o clamor do povo e levantou Moisés para tirá-los do Egito. [Este fato todos vocês conhecem, não preciso discorrê-la novamente, mas se alguém não tem o conhecimento, Leia o livro de Êxodo ou mande um e mail para mim, que responderei a respeito com muito prazer]. Saíram do Egito, mas com tanta murmuração que houve; muitas coisas horríveis aconteceram ao povo. E o foco da murmuração era sempre a mesma coisa: não tinha água, não tinha comida. Hoje não é diferente. Muitas pessoas tem uma vida cômoda. Possuem carros, casas, dinheiro, amigos; no entanto vive uma mentira, uma solidão, tem medo ser assaltado, de ser abandonado, de perder todo bem que possui. Toda esta situação é uma escravidão. A pessoa não vive com a verdadeira alegria e paz. Muitas pessoas, que vivem no conforto, são tão infelizes que até cometem suicídio. Mas, outras têm um encontro com o Senhor Jesus e a vida é transformada. Quando temos um encontro com Jesus, tudo que nós pensávamos e tudo que acreditávamos tornam-se lixo e que devemos jogar fora. É neste momento que se sabe se realmente ouve uma conversão ou não. Há pessoas que se tornam tão livres que não olha para o bem que possui, chega a ser até mais abençoada, pois doam livremente e com alegria o que tem e fazem isso por que são gratos a Deus por ter perdoado os pecados que ela cometeu e que agora é salva em Cristo Jesus. Já outras discutem sobre a devolução do dízimo e ofertas e começam a murmurar, faz como ‘o povo fez no deserto’; briga com o Pastor da igreja, briga com Deus, começa a dizer que a igreja que congrega não é de Deus, mas a outra que somente prega prosperidade sim, esta é de Deus. Estas pessoas querem a Deus, mas não querem abrir mão dos bens que possui. Vive uma vida dupla. Na igreja é uma coisa, fora da igreja é outra. A respeito disso, Jesus disse: “Ninguém pode servir a dois senhores. Ou há de odiar a um e amar o outro, ou se devotará a um e desprezará o outro. Não podeis servir a Deus e às riquezas.” Mateus 6:24. Para o povo que estava no deserto, a “riqueza” naquele momento, posso dizer que era água e comida. Creio que você esteja pensando: “Mas Deus queria que este povo morresse de fome e de sede"! Deus conhece bem a criatura que fez. Sabe das necessidades e Ele supre a todas elas. Deus fez com que águas amargas tornassem doces para que bebessem; Deus enviou o maná para que tivesse o que comer. O que é o maná? O maná é o pão que veio de céu, confira em Êxodo 16. O maná descia do céu como orvalho e quando evaporava, ficava uma camada fina como uma geada. Eles colhiam a quantidade exata conforme o número de pessoas e não podiam deixar para o dia seguinte. Somente no sexto dia é que poderia colher e guardar para o dia seguinte que era o sábado. O maná foi desprezado pelo povo. ‘ Aqui não há pão nem água, e nossa alma detesta este miserável pão’. Meditando nesta murmuração, percebi que abrir a boca e dizer que a nossa alma detesta este pão, significa que detesta a provisão de Deus. Quantas vezes Deus tem dado livramento, tem abrido portas para aqueles que estavam desempregados, tem dado saúde para o enfermo! Muitas vezes, mas o homem é um ser ingrato. Principalmente quando não é aquilo que ele queria. Se Deus der carro, casa, saúde, dinheiro; dirá que este Deus é bom. Mas se Deus der apenas o pão de cada dia, que é o suficiente para que sobrevivamos, dizem que este Deus não é bom e sabe por quê? Queremos sempre mais, queremos ter aquilo que é supérfluo, viver no luxo e não sabe que a nossa alma está no verdadeiro lixo espiritual; não passa de trapo da imundícia. A murmuração do povo gerou a resposta de Deus: serpentes venenosas. As nossas murmurações gera desgraça em nossas vidas. Viveremos sempre com dores, sofrimentos, angústias, frustrações, rejeições e tantas outras coisas que faz com que a alma desfaleça. A segunda coisa que aprendo é que Deus ouve o coração do arrependido. Depois que Deus enviou a serpente e que muitos que foram picados morreram; eles foram até Moisés pedir para que ore por eles, pois eles haviam pecado. O reconhecimento de que é pecador e se arrepende e busca o perdão de Deus faz com que o mal que está acontecendo venha ter um fim. Deus poderia fazer desaparecer as serpentes venenosas da mesma forma como apareceram. Mas Deus fez algo diferente. Ele mandou que Moisés fizesse de bronze serpentes e mandou colocar numa haste e todo aquele que fosse picado e olhasse para serpente, viveria. Creio que quando a serpente mordia a pessoa, não morreria no mesmo instante, mas ficava agonizando até morrer. A Bíblia não relata assim, mas creio assim, porque Deus disse que aquele que olhasse para a serpente, viveria. Não sabemos a que distância estava àquela haste com as serpentes de bronze. Creio que não estava longe do acampamento. Mas se uma serpente entrasse na tenda de alguém, levaria um tempo para sair da tenda para olhar para a serpente de bronze. [Peço aos meus irmãos em Cristo e aos meus pastores para me orientar a respeito disso]. Está aqui à explicação o versículo chave: “Assim como Moisés levantou a serpente no deserto, da mesma forma importa que o Filho do homem seja levantado, para que todo aquele que nele crê tenha vida eterna.” João 3:14. Jesus falava dele mesmo. Quando Jesus foi levantado na cruz, ele atraiu todos a Ele. “Mas eu, quando for levantado da terra, atrairei todos a mim” João 12:32. O povo no deserto era curado da mordida da serpente quando olhava para a serpente de bronze que estava na haste. Da mesma forma é hoje: Se eu olhar com os meus olhos da fé para Jesus, e vê-lo na cruz, ver a sua carne moída por causa dos meus pecados e me lançar diante dele em adoração, reconhecendo que Ele me amou tanto que se entregou na morte de cruz por mim, sofrendo ali desde a hora 3ª até a hora 9ª; eu serei curada de todos os traumas, fobias, mágoas, frustrações; a minha alma se regozijará na presença do Senhor aqui na terra e quando estiver na eternidade com o Senhor. (Jesus ficou ali pendurado na cruz da hora 3ª, ou seja, das 09h00min da manhã até a hora 9ª, ou para que entenda, 15h00min sendo que antes Ele foi preso, foi julgado de uma forma injusta, foi levado a Pilatos, depois Pilatos manda para Herodes, este manda de volta para Pilatos que manda que seja açoitado e depois é levado para o Calvário.) Por mais que filmes ‘hollywoodianos’ retratem o sofrimento de Jesus, jamais será como o real sofrimento, pois sabemos que há tecnologias e montagens nos filmes, embora pareça tão real, não passa de filme apesar de nos emocionar. Jesus atraiu todos a ele. Mas você tem o livre arbítrio para escolher. No deserto, quem olhasse para a serpente de bronze, viveria. Talvez, alguns deles, não olharam para a serpente de bronze e morreram, não posso confirmar isso. Assim como alguns já foram convidados a ir à igreja, já foram evangelizados, mas preferiram não olhar para a cruz, ou porque é jovem demais e tem muito que se divertir neste mundo, ou porque já tem a sua religião, muitos não sabem, mas a palavra religião é derivação do latim ‘Re-ligare’ que significa religação com o Divino. http://www.alunosonline.com.br/religiao/. O Único que fez isso, religar o homem a Deus, foi Jesus Cristo. Se não for através de Jesus Cristo, jamais chegará a Deus. O próprio Jesus disse: “Eu sou o caminho, a verdade e a vida. Ninguém vem ao Pai, senão por mim.” João 14:6. Você tem o direito de escolher entre: viver ou morrer. A ‘serpente venenosa’ está assolando o mundo, você pode chamar esta serpente de qualquer coisa que está te afligindo, tirando a sua paz. Se quiser ser livre, olhe para cruz. Jesus morreu por amor a você. Para que a sua alegria seja completa, saiba que Jesus morreu na cruz, mas ao terceiro dia Ele ressuscitou. Ele está vivo e intercede por você. Creia e busque-o agora. Não espere o amanhã, ou quando ficar mais velho. Hoje é o dia que você será redimido dos seus pecados e viverá eternamente com o Senhor. Que Deus te abençoe e que estas palavras venham tocar no profundo da sua alma. Beba da água que Jesus lhe dá. Amém Kátia 21/02/2012

domingo, 5 de fevereiro de 2012

Cristãos indianos são alvos de violentos ataques no país

Cristãos indianos são alvos de violentos ataques no país

Como podemos imitar a Deus?

Sede, pois, imitadores de Deus, como filhos amados; E andai em amor, como também Cristo vos amou, e se entregou a si mesmo por nós, em oferta e sacrifício a Deus, em cheiro suave. Efésios 5:1-2. Como podemos imitar Deus? É normal que filhos imitem os pais. Vemos comerciais com crianças fazendo a barba imitando o pai que está fazendo a barba, meninas se maquiando imitando suas mães. Tem um vídeo que está postado neste blog que mostra outro tipo de imitações. Espero que vocês vejam e observem sobre a sua atitude diante de uma criança. Veja se ela está imitando algumas atitudes boas ou ruins. As boas, esta será louvável, mas as ruins serão para a destruição destas crianças no futuro, pois serão péssimos adultos. Imitamos a quem vemos. Agora, como imitar a Deus que não vemos? Pois é, talvez esta pergunta fique martelando na cabeça do crente. Como vou imitar a Deus, que é o meu Pai? O Pastor Eduardo disse algo que não devo esquecer. Ele disse: “Bíblia explica Bíblia”. Neste mesmo versículo nos ensina a como imitar a Deus como filhos amados. “Andar em amor, como também Cristo vos amou.” Esta é a atitude que devemos imitar. Amar ao próximo, andar em amor. Amor é atitude. Quando amamos uma pessoa, queremos fazer o melhor para que ela seja feliz. Amor é ter uma atitude de dizer sim ou não, a consequência do amor é entregar-se, pois foi o que Cristo fez. Ele nos amou que se entregou como um sacrifício, uma oferta a Deus Pai como cheiro suave. Assim devemos imitar. Renunciar a nós mesmos, sepultar a natureza terrena, como diz em colossenses 3: 5a “Fazei, pois, morrer a vossa natureza terrena: ...”. A Bíblia é a bússola que nos orienta para caminhar em direção a Jerusalém celestial. Desde Gênesis até Apocalipse fala sobre como devemos fazer para imitar a Deus. E em tudo se resume a uma palavra: amor. Quem ama, obedece. Se eu digo que amo meu pai e a minha mãe, eu obedecerei ao que eles dizem. Assim é com o nosso Aba pai. Se somos filhos D’ele, então obedeceremos e assim mostraremos que andamos em amor. Se eu ando em amor, vou cuidar bem dos meus irmãos e vigiarei por onde ando, com quem ando, onde paro, o que ouço e o que falo. Na sequência do capítulo 5 do livro de Efésios, Paulo começa a mostrar os caminhos que não devemos andar e, se desviar destes caminhos, estaremos imitando a Deus. Leia com atenção: “Mas a prostituição e toda a sorte de impureza ou cobiça, nem ainda se nomeie entre vós, como convém a santos; nem torpeza, nem conversa tola, nem chocarrices, que não convém, mas antes ações de graças”. Efésios 5:3-4 A Bíblia da mulher que ora tem uma tradução que, sinceramente, me fez orar a respeito. Talvez o fato de usar certas palavras, fizeram com que eu começasse a olhar para mim mesma para saber se estou ou não andando pelo caminho da perdição. Leia e tire as suas próprias conclusões a respeito. Pode ser que eu tenha exagerado, mas me senti bem em exagerar nas minhas conclusões, pois fizeram com que me examinasse e isso todos os crentes devem fazer sempre. “Entre vocês não deve haver nem sequer menção de imoralidade sexual como também de nenhuma espécie de impureza e de cobiça: pois essas coisas não são próprias para os santos. Não haja obscenidades, nem conversas tolas, nem gracejos imorais, que são inconvenientes, mas, ao invés disso, ações de graças.” Efésios 5: 3-4. As ideias principais de ambas as traduções são as mesmas, no entanto, em minha opinião, a segunda tradução fica mais taxativa. Dá para imaginar Jesus no meio de pessoas que fazem todas estas coisas e participando da conversa e, até mesmo, sendo a pessoa mais popular, aquela que inicia a conversa maliciosa ou algo semelhante. Com toda certeza, não. Jesus foi à casa de Mateus e ali tinha pecadores, mas Ele fez a diferença, Ele era Luz e iluminou aquelas pessoas que vivia nas trevas. Elas viram a luz e saíram das trevas. Assim nós devemos fazer também. Devemos imitar Jesus. Ele nos disse que somos luz do mundo. Logo, onde a luz está às trevas se dissipam. [Tem misericórdia da minha vida, Senhor e ajuda-me a ser luz no meio das trevas.]. Neste livro de Efésios tem muitas lições para que venhamos aprender para viver como filhos da luz. Na verdade, antes de Paulo ensinar através desta epístola aos efésios a serem imitadores de Deus, lendo o capítulo 4:17-32 ele já nos ensina a como imitar a Deus. [ Encorajo-os a ler este capitulo e viver no dia-a-dia.] Concluo este texto pedindo a Deus que nos ajude a matar a natureza terrena. Sozinhos, não conseguiremos. Precisamos da ajuda do Senhor para vencer estas barreiras que se levantam todos os dias no nosso caminho. Para que consigamos vencer, o Senhor nos concede um dom que é precioso, mas pouco buscado por nós que é o dom de discernimento de espíritos, veja em 1 Coríntios 12:10. Quem leu o livro ‘O Peregrino’ pode observar as dificuldades que Cristão teve. Aparecia no caminho diversos personagens que personificavam os problemas que enfrentamos nesta caminhada para Jerusalém Celestial. Era desânimo, incredulidade, atalhos que pareciam que levavam para Jerusalém Celestial, mas era caminho de morte, enfim. Aconselho a vocês que leiam este livro. É muito bom. Que o Senhor venha direcionar a sua vida, a minha vida e que Ele venha chamar a nossa atenção quando estivermos envolvidos com situações que não o agrada. Amém. Kátia 05/02/2012 Revisto dia 25/09/2012

krysadoradora@yahoo.com.br

Entre em contato comigo.

Nome

E-mail *

Mensagem *