domingo, 5 de fevereiro de 2012

Como podemos imitar a Deus?

Sede, pois, imitadores de Deus, como filhos amados; E andai em amor, como também Cristo vos amou, e se entregou a si mesmo por nós, em oferta e sacrifício a Deus, em cheiro suave. Efésios 5:1-2. Como podemos imitar Deus? É normal que filhos imitem os pais. Vemos comerciais com crianças fazendo a barba imitando o pai que está fazendo a barba, meninas se maquiando imitando suas mães. Tem um vídeo que está postado neste blog que mostra outro tipo de imitações. Espero que vocês vejam e observem sobre a sua atitude diante de uma criança. Veja se ela está imitando algumas atitudes boas ou ruins. As boas, esta será louvável, mas as ruins serão para a destruição destas crianças no futuro, pois serão péssimos adultos. Imitamos a quem vemos. Agora, como imitar a Deus que não vemos? Pois é, talvez esta pergunta fique martelando na cabeça do crente. Como vou imitar a Deus, que é o meu Pai? O Pastor Eduardo disse algo que não devo esquecer. Ele disse: “Bíblia explica Bíblia”. Neste mesmo versículo nos ensina a como imitar a Deus como filhos amados. “Andar em amor, como também Cristo vos amou.” Esta é a atitude que devemos imitar. Amar ao próximo, andar em amor. Amor é atitude. Quando amamos uma pessoa, queremos fazer o melhor para que ela seja feliz. Amor é ter uma atitude de dizer sim ou não, a consequência do amor é entregar-se, pois foi o que Cristo fez. Ele nos amou que se entregou como um sacrifício, uma oferta a Deus Pai como cheiro suave. Assim devemos imitar. Renunciar a nós mesmos, sepultar a natureza terrena, como diz em colossenses 3: 5a “Fazei, pois, morrer a vossa natureza terrena: ...”. A Bíblia é a bússola que nos orienta para caminhar em direção a Jerusalém celestial. Desde Gênesis até Apocalipse fala sobre como devemos fazer para imitar a Deus. E em tudo se resume a uma palavra: amor. Quem ama, obedece. Se eu digo que amo meu pai e a minha mãe, eu obedecerei ao que eles dizem. Assim é com o nosso Aba pai. Se somos filhos D’ele, então obedeceremos e assim mostraremos que andamos em amor. Se eu ando em amor, vou cuidar bem dos meus irmãos e vigiarei por onde ando, com quem ando, onde paro, o que ouço e o que falo. Na sequência do capítulo 5 do livro de Efésios, Paulo começa a mostrar os caminhos que não devemos andar e, se desviar destes caminhos, estaremos imitando a Deus. Leia com atenção: “Mas a prostituição e toda a sorte de impureza ou cobiça, nem ainda se nomeie entre vós, como convém a santos; nem torpeza, nem conversa tola, nem chocarrices, que não convém, mas antes ações de graças”. Efésios 5:3-4 A Bíblia da mulher que ora tem uma tradução que, sinceramente, me fez orar a respeito. Talvez o fato de usar certas palavras, fizeram com que eu começasse a olhar para mim mesma para saber se estou ou não andando pelo caminho da perdição. Leia e tire as suas próprias conclusões a respeito. Pode ser que eu tenha exagerado, mas me senti bem em exagerar nas minhas conclusões, pois fizeram com que me examinasse e isso todos os crentes devem fazer sempre. “Entre vocês não deve haver nem sequer menção de imoralidade sexual como também de nenhuma espécie de impureza e de cobiça: pois essas coisas não são próprias para os santos. Não haja obscenidades, nem conversas tolas, nem gracejos imorais, que são inconvenientes, mas, ao invés disso, ações de graças.” Efésios 5: 3-4. As ideias principais de ambas as traduções são as mesmas, no entanto, em minha opinião, a segunda tradução fica mais taxativa. Dá para imaginar Jesus no meio de pessoas que fazem todas estas coisas e participando da conversa e, até mesmo, sendo a pessoa mais popular, aquela que inicia a conversa maliciosa ou algo semelhante. Com toda certeza, não. Jesus foi à casa de Mateus e ali tinha pecadores, mas Ele fez a diferença, Ele era Luz e iluminou aquelas pessoas que vivia nas trevas. Elas viram a luz e saíram das trevas. Assim nós devemos fazer também. Devemos imitar Jesus. Ele nos disse que somos luz do mundo. Logo, onde a luz está às trevas se dissipam. [Tem misericórdia da minha vida, Senhor e ajuda-me a ser luz no meio das trevas.]. Neste livro de Efésios tem muitas lições para que venhamos aprender para viver como filhos da luz. Na verdade, antes de Paulo ensinar através desta epístola aos efésios a serem imitadores de Deus, lendo o capítulo 4:17-32 ele já nos ensina a como imitar a Deus. [ Encorajo-os a ler este capitulo e viver no dia-a-dia.] Concluo este texto pedindo a Deus que nos ajude a matar a natureza terrena. Sozinhos, não conseguiremos. Precisamos da ajuda do Senhor para vencer estas barreiras que se levantam todos os dias no nosso caminho. Para que consigamos vencer, o Senhor nos concede um dom que é precioso, mas pouco buscado por nós que é o dom de discernimento de espíritos, veja em 1 Coríntios 12:10. Quem leu o livro ‘O Peregrino’ pode observar as dificuldades que Cristão teve. Aparecia no caminho diversos personagens que personificavam os problemas que enfrentamos nesta caminhada para Jerusalém Celestial. Era desânimo, incredulidade, atalhos que pareciam que levavam para Jerusalém Celestial, mas era caminho de morte, enfim. Aconselho a vocês que leiam este livro. É muito bom. Que o Senhor venha direcionar a sua vida, a minha vida e que Ele venha chamar a nossa atenção quando estivermos envolvidos com situações que não o agrada. Amém. Kátia 05/02/2012 Revisto dia 25/09/2012

Nenhum comentário:

Diálogo com Deus

É interessante notar que o mundo gospel tem gerado celebridades. O que tenho mais notado é que o ser humano que se converte ao Senhor Je...