Sou a Kátia, Adoradora

Minha foto
São Paulo, São Paulo, Brazil
Eu sou Adoradora, Sou Intercessora, Amo a palavra de Deus. Quero deixar as coisas velhas para viver o novo de Deus. Quero ser útil para Deus e não ser um vaso apenas para deixar de enfeite na estante e ser cheio de lixo. Quero ser um vaso para ser cheio de todo bem que Deus tem para mim. Quero ter discernimento, quero conhecer a Deus, quero aprender verdadeiramente o que é morrer para este mundo e viver somente para Deus, coisa que até ontem, não aprendi.

Seara é grande

Seara é grande
" Seara é realmente grande, mas os ceifeiros são poucos."Mateus 9:37

domingo, 11 de março de 2012

Purificação do Templo

Purificação do templo “E achou no templo os que vendiam bois, e ovelhas, e pombos, e os cambiadores assentados. E tendo feito um azorrague de cordéis, lançou todos fora do templo, também os bois e ovelhas; e espalhou o dinheiro dos cambiadores, e derribou as mesas; E disse aos que vendiam pombos: Tirai daqui estes, e não façais da casa de meu Pai casa de venda. E os seus discípulos lembraram-se do que está escrito: O zelo da tua casa me devorará”. João 2:14-17 O profeta Ezequiel disse: “Enquanto o homem estava em pé ao meu lado, ouvi uma voz que me foi dirigida de dentro do templo.” Ezequiel 43:6 Paulo escreveu aos coríntios: “Não sabeis vós que sois santuário de Deus, e que o Espírito de Deus habita em vós?” 1Coríntios 3:16 A palavra chave desta mensagem é: templo. O que é templo? “A palavra templo vem do latim “templu” e significa o espaço circunscrito, delimitado; espaço traçado no ar pelo bastão do áugure como campo de observação à vista dos auspícios". Camilo –Marinha Grande – Portugal Julho de 2004. De acordo com o dicionário diz: ”s.m. Edifício público para culto religioso, como igreja, sinagoga, mesquita, etc.". Vamos reler a passagem inicial desta mensagem. “E achou no templo os que vendiam bois, e ovelhas, e pombos, e os cambiadores assentados. E tendo feito um azorrague de cordéis, lançou todos fora do templo, também os bois e ovelhas; e espalhou o dinheiro dos cambiadores, e derribou as mesas; E disse aos que vendiam pombos: Tirai daqui estes, e não façais da casa de meu Pai casa de venda. E os seus discípulos lembraram-se do que está escrito: O zelo da tua casa me devorará”. João 2:14-17 Para que entenda este versículo; quando estava próximo à páscoa dos judeus, Jesus foi para Jerusalém e viu o que estava acontecendo no templo. Ele não gostou do que viu e agiu daquela forma que para alguns, foi um ato de insanidade, tanto é que perguntaram “Que sinal miraculoso nos mostras para provar que tens autoridade para fazer isto?” (João 2:18). A pergunta, na verdade, não é “que sinal miraculoso” ou “tu tens autoridade para fazer isto”? A pergunta é: Por que Jesus expulsou do templo aquelas pessoas? A resposta o próprio Jesus já deu: “não façais da casa de meu Pai casa de venda” As pessoas que estavam no templo estavam vendendo os animais para que fossem sacrificados. Eles estavam lucrando com o pecado das pessoas. Um momento para refletir: Será que em nosso templo estamos lucrando com o pecado das pessoas? Lembro que esta pergunta refere-se ao templo como espaço físico, um edifício. Como seria este lucro com o pecado? Deixo esta pergunta para que meus irmãos em Cristo me ajudem a encontrar a resposta. Fica ai um tema para debate. Falando de ‘templo’ como ‘corpo’. Jesus disse: “... Destruí este templo, e em três dias o levantarei de novo.” João 2:19. Os judeus entenderam que se tratava do templo como edifício, mas o escritor do livro, João, explica que Jesus falava do corpo dele. “Mas ele falava do templo do seu corpo. Quando Jesus ressurgiu dentre os mortos, os seus discípulos lembraram-se do que ele dissera. Então creram na Escritura e nas palavras que Jesus tinha dito.” João 2:21-22. O profeta Ezequiel fala algo que me faz refletir a respeito. “a voz que sai de dentro do templo” “Enquanto o homem estava em pé ao meu lado, ouvi uma voz que me foi dirigida de dentro do templo.” Ezequiel 43:6. O profeta Ezequiel foi um dos profetas que mais teve visões de Deus. Posso dizer que o Livro de Ezequiel é repleto de visões de Deus. (Caso alguém não concorde, por favor, deixe o seu comentário). E uma destas visões, ele disse que ouviu uma voz que foi dirigida de dentro do templo. E continuando o meu mergulho pela Bíblia, em 1 Coríntios 3:16, Paulo escreve que: “Não sabeis vós que sois santuário de Deus, e que o Espírito de Deus habita em vós"? Em outras traduções, encontra-se a palavra ‘templo’. Jesus disse que o templo que seria destruído e que depois de três dias levantaria novamente. No entanto, Jesus estava dizendo do corpo dele. Ou seja, Jesus teve seu corpo destruído; foram açoites severos, foram pregos nas mãos e nos pés e para verificar se Jesus já havia morrido ou não, o seu corpo foi ferido com uma lança. “Contudo, um dos soldados trespassou-lhe o lado com uma lança, e imediatamente saiu sangue e água". João 19:35. [Aconselho a vocês que leiam João capítulos 19 e 20]. No capítulo 20 fala sobre a ressurreição de Jesus. Cumprindo, o que havia dito no capítulo 2 do livro de João. Assim como o corpo de Jesus era o templo de Deus, o nosso corpo também é, e Paulo, que era a habitação do Espírito Santo e ouviu a voz que saia de dentro do templo, escreveu aos Coríntios que o nosso corpo é habitação do Espírito Santo de Deus. Entendo que o meu corpo é habitação do Espírito de Deus. Deus é Espírito e a sua morada é no meu corpo. Logo, meu corpo deve ser purificado. Se há ‘animais para serem sacrificados’, se estou fazendo do meu corpo um lugar de lucro do pecado, significa que meu corpo está impuro. É necessário que haja uma limpeza. Assim como Jesus purificou o templo, tirando toda a sujeira, assim devo fazer no meu corpo. Com o meu templo limpo, torna-se então, a habitação do Espírito Santo e, assim ouvirei a voz do Senhor. Trouxe este aprendizado para uma situação bem individual, pois cada um de nós cuida do corpo a sua maneira particular. O que temos que entender é que ser a habitação de Deus não é para qualquer pessoa. É fundamental que haja uma limpeza na alma; tirar toda a tristeza, a mágoa, o trauma, a falta de perdão, o pecado da carne como: a idolatria, prostituição, adultério, lascívia e tantos outros que faz com que Deus não habite num corpo cheio de abominações. No livro de Atos 2:1-47 fala sobre: A descida do Espírito Santo. Os apóstolos, as mulheres que seguiram Jesus estavam reunidas em oração, quando o Espírito Santo veio sobre eles. “Eles foram cheios do Espírito Santo e começaram a falar em outras línguas conforme o Espírito Santo lhes concedia que falasse.” Atos 2:4. Podemos entender que a partir do momento que somos cheios do Espírito Santo, Ele começa a nos direcionar ao que deve ser feito. No caso dos apóstolos e das mulheres, eles falaram a língua dos povos que ali estavam. E eles evangelizavam, ou seja, estavam falando sobre Jesus e dizendo ao povo para que se arrependam e se batizem. Em outras palavras, ouviram ‘a voz que foi dirigida ao profeta de dentro do templo’. Jesus disse que: ”... pois na mesma hora o Espírito Santo vos ensinará o que deveis dizer”. Lucas 12:12 O Espírito Santo traz a nossa memória os ensinamentos do Senhor Jesus. Ele põe as palavras certas no momento oportuno em nossa boca. Ele nos ajuda a orar. Ele ensina tudo e, principalmente a não andar por caminhos que levará a perdição. Ele ajuda a fazer com que os nossos olhos fiquem em Jesus Cristo. Ele convence o homem do pecado, da justiça e do juízo. Pedro ouviu o que as pessoas diziam. As pessoas que ali estavam, acharam que aquelas pessoas estavam bêbadas. O discurso de Pedro foi fascinante. Ele explicou o que aconteceu e, após esta pregação, três mil almas se arrependeram dos seus pecados e receberam Jesus Cristo como Senhor e Salvador e foram batizados. Viver na plenitude do Espírito Santo é o que devemos buscar. Inclinar os ouvidos espirituais para ouvir a Voz do Espírito Santo que sai de dentro do templo. Ser guiado pelo Espírito Santo, como diz em Romanos 8:14 “porque todos os que são guiados pelo Espírito de Deus são filhos de Deus.” Mas, por que não queremos viver na plenitude do Espírito Santo? Nós temos respostas que, provavelmente, não convencerá a Deus. Paulo diz aos Romanos que a vontade de Deus é boa, perfeita e agradável. Então, por que temer em viver na plenitude do Espírito Santo? A minha resposta pessoal é que temos medo de pagar o preço. Pagar o preço significa ser: rejeitado pela sociedade, ser perseguido, ser torturado para forçar a negar a Jesus. E não queremos isso para nós. Queremos ter uma vida Cristã tranquila, sem pessoas criticando, sem inimizades com o mundo. Mas, lendo a palavra de Deus; o próprio Jesus disse: “Em verdade, em verdade vos digo que aquele que crê em mim também fará as obras que eu faço, E as fará maiores do que estas, porque eu vou para o Pai.” João 14:12. Jesus diz mais em João 15: 18-21 “Se o mundo vos odeia, sabei que, primeiro do que a vós, me odiou a mim. Se fosseis do mundo, o mundo amaria o que era seu. Mas como não sois do mundo, antes, dele vos escolhi, é por isso que o mundo vos odeia. Lembrai-vos da palavra que vos disse: Não é o servo maior do que o seu senhor. Se Eles me perseguiram, também vos perseguirão. Se guardaram a minha palavra, também guardarão a vossa. Mas tudo isso farão por causa do meu nome, pois não conhecem aquele que me enviou.” Aprendo que Jesus vivia na Plenitude do Espírito Santo. Logo, eu também devo viver na Plenitude do Espírito Santo. Somente assim, farei as mesmas obras que Ele fez. Todavia, assim como farei as mesmas obras que o Senhor Jesus fez, também sofrerei as mesmas perseguições como o Senhor Jesus disse no parágrafo anterior. Dirão de mim que tenho demônio, como foi dito a Jesus. Veja Mateus 12:22-32; João 8:48 e 52. Todas estas coisas são fortes e que se não estivermos plenos no Espírito Santo, não suportaremos. Por isso, a importância de ter um templo puro, santificado para que seja a morada de Deus em nós. Para que possamos suportar todas estas coisas e permanecer firmes em Deus. Ser fiel até a morte. Quando renunciamos a nós mesmo e buscamos a Deus e recebemos Jesus Cristo como Único Senhor e Salvador. Cai em nós o fruto de arrependimento e passamos a temer de tal forma que antes de fazer qualquer coisa, aprendemos a buscar a Deus em primeiro lugar, que na verdade, Deus não deve ser o primeiro, mas deve ser Soberano. Quando alguém está em primeiro, pode cair para segundo, terceiro e chegar ao momento que não há mais pódio para ele. Por isso, o correto é dizer que Deus é Soberano. Não há ninguém que pode superá-lo. Temer não é ter medo, mas é ter respeito, reverência. Muitos têm brincado com Deus. Muitos blasfemam e acreditam que Deus não faz nem mal e nem bem. Alguns lembram apenas que Deus é amor ou que não devemos julgar aos outros. Mas esquecem de que Deus é Justiça, Deus é fogo consumidor e que, ainda mata. Contudo, Deus é infinito em Misericórdia e não se alegra com a morte de pecadores. Antes, a vontade de Deus é que venham conhecer a Verdade que se chama Jesus Cristo, que morreu numa cruz e que ressuscitou. Que há uma vida abundante para aqueles que creem em Jesus. Temos a liberdade para escolher o que é melhor para nós. Qual será a sua escolha?

Nenhum comentário:

krysadoradora@yahoo.com.br

Entre em contato comigo.

Nome

E-mail *

Mensagem *