Sou a Kátia, Adoradora

Minha foto
São Paulo, São Paulo, Brazil
Eu sou Adoradora, Sou Intercessora, Amo a palavra de Deus. Quero deixar as coisas velhas para viver o novo de Deus. Quero ser útil para Deus e não ser um vaso apenas para deixar de enfeite na estante e ser cheio de lixo. Quero ser um vaso para ser cheio de todo bem que Deus tem para mim. Quero ter discernimento, quero conhecer a Deus, quero aprender verdadeiramente o que é morrer para este mundo e viver somente para Deus, coisa que até ontem, não aprendi.

Seara é grande

Seara é grande
" Seara é realmente grande, mas os ceifeiros são poucos."Mateus 9:37

sábado, 4 de julho de 2015

Farsa na mídia

-Você tem certeza disso? Você quer mesmo fazer isto? Será que valerá a pena se expor tanto assim? -Sim, eu quero. - Você corre um risco de ser difamada. -Sim, eu sei. Não se preocupe. Valerá a pena. Apenas confie em mim. Vamos filmar? Somara tinha um desejo. Ela queria ser famosa e faria qualquer coisa para alcançar as escadarias da fama. -Estamos prontos. Você poderá começar a falar. Atenção para a contagem: 3,2,1. - Eu preciso de ajuda. Não posso falar muito alto, pois poderão me ouvir. Estou trancada num quarto escuro, sem água, sem comida. Por favor, me ajudem. Estou aqui contra a minha vontade. Eles me forçam a me prostituir. Estou filmando este vídeo com a ajuda de outra jovem que também está aqui contra a vontade dela. Por favor! Ajude-me. Eeeles estão chegando. Preciso desligar e enviar rápido. Estou desesperada. -Ficou ótimo, parece muito real. Será que as pessoas irão acreditar que realmente eu estou como prisioneira sexual? -Vamos aguardar que sim, Somara. Mas, isto pode dar um problema muito grande. -Que problema. Quantas pessoas fazem isto para ter fama. Criam situações que não existem. Tudo para ser famosa. Pronto, já postei. Agora é aguardar os acessos na internet. Dois dias se passaram. Somara foi verificar seu vídeo e já tinha um milhão de acesso. E muitas pessoas compartilhando o vídeo e pedindo intervenção da polícia. -Veja, Zoe. Quantas pessoas viram o vídeo. E quantas pessoas que estão compartilhando em pouco tempo. Agora sim, ficarei famosa. Alguém chuta a porta com toda força e entra na casa de Somara e Zoe. É a polícia que investigou o caso e foi resgatar a jovem. O policial perguntou: - Estão apenas vocês aqui? Onde estão os aliciadores . Somara começa a interpretar e diz com voz trêmula: -Eles não estão. Saíram para fazer compras. -Então venham logo. Vamos sair deste lugar. Falou o policial todo preocupado. Na delegacia tinham jornalistas, fotógrafos; todos interessados na resolução do caso. Zoe diz a Somara: -Você conseguiu ter fama. Espero que não se esqueça de mim. Somara apenas olhou e respondeu com uma piscada de leve. Somara teve convites para ir a programas para contar a sua história. E ganhou muito dinheiro com fotos, propagandas e tantos outros trabalhos na televisão. A amiga Zoe que ajudou nesta farsa, estava com dificuldades. Ela buscou ajuda de Somara. No entanto, Somara não tinha tempo para conversar com sua amiga. Até que Zoe decide ir ao encontro de sua amiga no apartamento. O interfone toca e a empregada de Somara atende: -Pois não! -Oi! Eu sou a Zoe, amiga de Somara. Ela está? -Sim, está. Pode subir. -Obrigada. Somara estava no quarto se arrumando e perguntou a empregada quem era. A moça respondeu que era Zoe. E que havia mandado subir. -Você não deveria ter dito a ela para subir sem a minha autorização. Nunca mais faça isto. - Sim, senhora. – Mas ela já está na porta, deixo que ela entre? -Abra a porta. Eu falarei com ela. A empregada foi abrir a porta e Zoe ficou impressionada com a beleza do apartamento. -Amiga, como você está linda. Zoe foi abraça-la, mas Somara não permitiu o abraço e disse para Zoe de forma seca: -O que você quer? É dinheiro? Embora Zoe estava com grande dificuldade financeira, ao ouvir a amiga falando secamente, ela disse: -Não, estava apenas sentindo sua falta. -A tá! Então já me viu. Agora pode ir. Eu tenho que me arrumar para ir ao programa para dar uma entrevista. Não posso perder tempo com você. Zoe sentiu que uma faca estava sendo cravada nas suas costas. Ela lembrou-se de tudo o que fez para que ela fosse famosa. E agora, recebe como retribuição uma facada. -Tudo bem. Disse Zoe. Estou indo embora. Desejo a você muito sucesso e que seja muito feliz com tudo isto que conquistou. Somara riu e disse: - Já sou feliz. Já tenho muito sucesso. Mas é sempre bom ter mais. Agora...tchau! -Adeus! Zoe nunca mais apareceu. Mas acompanhava a amiga através da mídia televisiva e pela internet. Passaram dias, meses e anos e Somara já não tinha tanta fama como no início. Ela queria fazer algo para voltar a estar na televisão. E ela decidiu forjar um acidente de carro. Sai nos telejornais a noticia: ‘Somara sofre acidente de carro, mas passa bem’. Zoe ouve a notícia e fica preocupada e decide ir ao hospital. Mas ela se lembra da última vez que esteve com Somara e fica em casa, torcendo para que a amiga se recupere. Somara consegue e volta a estar na mídia e ganha mais dinheiro com as idas aos programas. E Somara planeja outra forma para continuar na mídia. Ela diz que a amiga Zoe a ofendeu. E Somara diz na televisão o que a Zoe disse sobre ela. As pessoas acreditam e começam a criticar Zoe na internet. Zoe fica indignada e tenta se defender, mas não a nada que ela diga que possa mudar esta situação. Mas, ela tem algo muito importante e que pode mudar esta história. Ela pega um pen drive e leva para a delegacia. O delegado olha o pen drive é vê o vídeo que ela e Somara forjou. O delegado diz que aquilo não serviria para nada. E diz que tudo aquilo que está gravado é mentira. Mas ninguém acreditou em Zoe. Ela sai e pensa em fazer algo. Preparou a casa para receber a Somara. Ela vai a casa de Zoe. - O que você quer comigo, Zoe. Diz Somara arrogantemente. -Quero que você me perdoe por ter dito aquelas coisas na internet. Eu estava morta de inveja da sua riqueza e fama, por isso, eu disse tudo aquilo. Por favor, me perdoa. Somara cai na gargalhada e diz: -Que besteira, você sabe bem que não escreveu nada a respeito de mim. Você sabe bem que forjei tudo aquilo. Eu queria continuar na mídia e consegui. Comecei com o vídeo que foi para internet, pedindo ajuda porque eu estava presa e sendo forçada a me prostituir. E quantas pessoas ignorantes acreditaram em mim. E quantas pessoas compartilharam. Ah! Foi muito bom. Eles fizeram-me famosa. Sabe aquele acidente, foi mentira. Eu inventei aquilo. Eu queria a qualquer custo voltar para a mídia. E consegui. Agora...vou embora porque este lugar fede. Adeus e nunca mais me procure. - Adeus! Disse Zoe. Somara foi para o seu apartamento. Tomou um banho e foi dormir. -Senhora, senhora ...acorde. Tem jornalistas na portaria querendo falar contigo. - Ah! Vou me arrumar e depois deixe-os subir. Somara se arruma e vai a sala receber os jornalistas. -O que você tem a dizer sobre o vídeo que está na internet? Como você acha que as pessoas que se preocuparam com você irão trata-la a partir de agora? - Que vídeo ? -Não viu o vídeo! Somara foi ligar o computador e abriu o youtube. Ela viu tudo o que disse para Zoe. A encenação de estar presa e se prostituindo, a farsa do acidente e que Zoe não fez nada contra ela. Somara voltou a mídia novamente, mas como uma farsante e ingrata. Não teve mais convites para programas e nem mesmo para fazer propagandas. O belo apartamento, perdeu e tudo o que conquistou. Agora, ela vive isolada. E para sobreviver tenta vender algumas coisas como: joias e roupas. Mas a sua fama continua por todo lugar, como a mulher farsante e sem caráter. Professora Kátia Pereira (Modelo de texto narrativo) 04/07/2015 -

Nenhum comentário:

krysadoradora@yahoo.com.br

Entre em contato comigo.

Nome

E-mail *

Mensagem *