Sou a Kátia, Adoradora

Minha foto
São Paulo, São Paulo, Brazil
Eu sou Adoradora, Sou Intercessora, Amo a palavra de Deus. Quero deixar as coisas velhas para viver o novo de Deus. Quero ser útil para Deus e não ser um vaso apenas para deixar de enfeite na estante e ser cheio de lixo. Quero ser um vaso para ser cheio de todo bem que Deus tem para mim. Quero ter discernimento, quero conhecer a Deus, quero aprender verdadeiramente o que é morrer para este mundo e viver somente para Deus, coisa que até ontem, não aprendi.

Seara é grande

Seara é grande
" Seara é realmente grande, mas os ceifeiros são poucos."Mateus 9:37

terça-feira, 21 de fevereiro de 2012

Olhe, creia e seja salvo

“Assim como Moisés levantou a serpente no deserto, da mesma forma importa que o Filho do homem seja levantado, para que todo aquele que nele crê tenha vida eterna.” João 3:14. O versículo acima são palavras do Senhor Jesus quando conversava com Nicodemos. Para que entenda o significado da ‘serpente’ que aparece neste diálogo, vamos conhecer um fato que aconteceu muito tempo atrás, nos tempos de Moises. Leia os versículos abaixo: Números 21 4 Então partiram do monte Hor, pelo caminho do mar Vermelho, para contornarem a terra de Edom. Mas o povo tornou-se impaciente no caminho; 5 falaram contra Deus e contra Moisés, dizendo: Por que nos fizestes subir do Egito, para morrermos neste deserto? Aqui não há pão nem água, e nossa alma detesta este miserável pão. 6 Então o Senhor enviou contra o povo serpentes venenosas, que os picavam, e morreu muita gente de Israel. 7 O povo veio a Moisés, e disse: Pecamos, pois temos falado contra o Senhor e contra ti. Ora ao Senhor que tire de nós as serpentes. Então Moisés orou pelo povo. 8 Disse o Senhor a Moisés: Faze uma serpente, e põe-na sobre uma haste. Todo aquele que for mordido, e olhar para ela, viverá. 9 Moisés fez uma serpente de bronze, e a pôs sobre uma haste. Então quando alguém era mordido por alguma serpente, se olhava para a serpente de bronze, vivia. Nestes versículos há muitos ensinamentos de Deus para nós. Elencarei os fatos para que possamos entender cada uma delas. 1º. Deus não suporta murmuradores. No verso 4 diz que o povo estava contornando a terra de Edom, e o povo tornou-se a ser impaciente e no verso 5 está registrada a murmuração do povo. O povo levantou-se contra Deus e contra Moisés. Primeiro ensinamento. Por mais que esteja difícil a situação, nunca devemos nos levantar contra um líder espiritual. Moisés era o líder espiritual do povo. Moisés é quem tinha contato com O Poderoso Deus. Agora, somos pessoas inteligentes e vamos analisar: Se nos levantar contra um líder da terra, que é um homem que tem falhas não é bom, imagine então se levantar contra Deus... Pois é, o povo se levantou contra Deus. Qual a resposta de Deus, as serpentes venenosas. Mas antes de falar sobre as serpentes, quero chamar a sua atenção para as palavras que o povo disse a Moisés, mas que foi bem ouvida por Deus: ‘ Por que nos fizestes subir do Egito, para morrermos neste deserto?’ O povo fez esta pergunta a Moisés, esperando uma resposta. Moisés não respondeu ao povo. O povo vivia no Egito como escravo. É certo que tinha água, comida; mas não tinha liberdade, não podia ir e vir, era vigiado e açoitado. Por isso, clamou a Deus para que libertasse o povo desta escravidão, não suportavam mais viver sem liberdade, tendo trabalho duro e sendo açoitado. Deus ouviu o clamor do povo e levantou Moisés para tirá-los do Egito. [Este fato todos vocês conhecem, não preciso discorrê-la novamente, mas se alguém não tem o conhecimento, Leia o livro de Êxodo ou mande um e mail para mim, que responderei a respeito com muito prazer]. Saíram do Egito, mas com tanta murmuração que houve; muitas coisas horríveis aconteceram ao povo. E o foco da murmuração era sempre a mesma coisa: não tinha água, não tinha comida. Hoje não é diferente. Muitas pessoas tem uma vida cômoda. Possuem carros, casas, dinheiro, amigos; no entanto vive uma mentira, uma solidão, tem medo ser assaltado, de ser abandonado, de perder todo bem que possui. Toda esta situação é uma escravidão. A pessoa não vive com a verdadeira alegria e paz. Muitas pessoas, que vivem no conforto, são tão infelizes que até cometem suicídio. Mas, outras têm um encontro com o Senhor Jesus e a vida é transformada. Quando temos um encontro com Jesus, tudo que nós pensávamos e tudo que acreditávamos tornam-se lixo e que devemos jogar fora. É neste momento que se sabe se realmente ouve uma conversão ou não. Há pessoas que se tornam tão livres que não olha para o bem que possui, chega a ser até mais abençoada, pois doam livremente e com alegria o que tem e fazem isso por que são gratos a Deus por ter perdoado os pecados que ela cometeu e que agora é salva em Cristo Jesus. Já outras discutem sobre a devolução do dízimo e ofertas e começam a murmurar, faz como ‘o povo fez no deserto’; briga com o Pastor da igreja, briga com Deus, começa a dizer que a igreja que congrega não é de Deus, mas a outra que somente prega prosperidade sim, esta é de Deus. Estas pessoas querem a Deus, mas não querem abrir mão dos bens que possui. Vive uma vida dupla. Na igreja é uma coisa, fora da igreja é outra. A respeito disso, Jesus disse: “Ninguém pode servir a dois senhores. Ou há de odiar a um e amar o outro, ou se devotará a um e desprezará o outro. Não podeis servir a Deus e às riquezas.” Mateus 6:24. Para o povo que estava no deserto, a “riqueza” naquele momento, posso dizer que era água e comida. Creio que você esteja pensando: “Mas Deus queria que este povo morresse de fome e de sede"! Deus conhece bem a criatura que fez. Sabe das necessidades e Ele supre a todas elas. Deus fez com que águas amargas tornassem doces para que bebessem; Deus enviou o maná para que tivesse o que comer. O que é o maná? O maná é o pão que veio de céu, confira em Êxodo 16. O maná descia do céu como orvalho e quando evaporava, ficava uma camada fina como uma geada. Eles colhiam a quantidade exata conforme o número de pessoas e não podiam deixar para o dia seguinte. Somente no sexto dia é que poderia colher e guardar para o dia seguinte que era o sábado. O maná foi desprezado pelo povo. ‘ Aqui não há pão nem água, e nossa alma detesta este miserável pão’. Meditando nesta murmuração, percebi que abrir a boca e dizer que a nossa alma detesta este pão, significa que detesta a provisão de Deus. Quantas vezes Deus tem dado livramento, tem abrido portas para aqueles que estavam desempregados, tem dado saúde para o enfermo! Muitas vezes, mas o homem é um ser ingrato. Principalmente quando não é aquilo que ele queria. Se Deus der carro, casa, saúde, dinheiro; dirá que este Deus é bom. Mas se Deus der apenas o pão de cada dia, que é o suficiente para que sobrevivamos, dizem que este Deus não é bom e sabe por quê? Queremos sempre mais, queremos ter aquilo que é supérfluo, viver no luxo e não sabe que a nossa alma está no verdadeiro lixo espiritual; não passa de trapo da imundícia. A murmuração do povo gerou a resposta de Deus: serpentes venenosas. As nossas murmurações gera desgraça em nossas vidas. Viveremos sempre com dores, sofrimentos, angústias, frustrações, rejeições e tantas outras coisas que faz com que a alma desfaleça. A segunda coisa que aprendo é que Deus ouve o coração do arrependido. Depois que Deus enviou a serpente e que muitos que foram picados morreram; eles foram até Moisés pedir para que ore por eles, pois eles haviam pecado. O reconhecimento de que é pecador e se arrepende e busca o perdão de Deus faz com que o mal que está acontecendo venha ter um fim. Deus poderia fazer desaparecer as serpentes venenosas da mesma forma como apareceram. Mas Deus fez algo diferente. Ele mandou que Moisés fizesse de bronze serpentes e mandou colocar numa haste e todo aquele que fosse picado e olhasse para serpente, viveria. Creio que quando a serpente mordia a pessoa, não morreria no mesmo instante, mas ficava agonizando até morrer. A Bíblia não relata assim, mas creio assim, porque Deus disse que aquele que olhasse para a serpente, viveria. Não sabemos a que distância estava àquela haste com as serpentes de bronze. Creio que não estava longe do acampamento. Mas se uma serpente entrasse na tenda de alguém, levaria um tempo para sair da tenda para olhar para a serpente de bronze. [Peço aos meus irmãos em Cristo e aos meus pastores para me orientar a respeito disso]. Está aqui à explicação o versículo chave: “Assim como Moisés levantou a serpente no deserto, da mesma forma importa que o Filho do homem seja levantado, para que todo aquele que nele crê tenha vida eterna.” João 3:14. Jesus falava dele mesmo. Quando Jesus foi levantado na cruz, ele atraiu todos a Ele. “Mas eu, quando for levantado da terra, atrairei todos a mim” João 12:32. O povo no deserto era curado da mordida da serpente quando olhava para a serpente de bronze que estava na haste. Da mesma forma é hoje: Se eu olhar com os meus olhos da fé para Jesus, e vê-lo na cruz, ver a sua carne moída por causa dos meus pecados e me lançar diante dele em adoração, reconhecendo que Ele me amou tanto que se entregou na morte de cruz por mim, sofrendo ali desde a hora 3ª até a hora 9ª; eu serei curada de todos os traumas, fobias, mágoas, frustrações; a minha alma se regozijará na presença do Senhor aqui na terra e quando estiver na eternidade com o Senhor. (Jesus ficou ali pendurado na cruz da hora 3ª, ou seja, das 09h00min da manhã até a hora 9ª, ou para que entenda, 15h00min sendo que antes Ele foi preso, foi julgado de uma forma injusta, foi levado a Pilatos, depois Pilatos manda para Herodes, este manda de volta para Pilatos que manda que seja açoitado e depois é levado para o Calvário.) Por mais que filmes ‘hollywoodianos’ retratem o sofrimento de Jesus, jamais será como o real sofrimento, pois sabemos que há tecnologias e montagens nos filmes, embora pareça tão real, não passa de filme apesar de nos emocionar. Jesus atraiu todos a ele. Mas você tem o livre arbítrio para escolher. No deserto, quem olhasse para a serpente de bronze, viveria. Talvez, alguns deles, não olharam para a serpente de bronze e morreram, não posso confirmar isso. Assim como alguns já foram convidados a ir à igreja, já foram evangelizados, mas preferiram não olhar para a cruz, ou porque é jovem demais e tem muito que se divertir neste mundo, ou porque já tem a sua religião, muitos não sabem, mas a palavra religião é derivação do latim ‘Re-ligare’ que significa religação com o Divino. http://www.alunosonline.com.br/religiao/. O Único que fez isso, religar o homem a Deus, foi Jesus Cristo. Se não for através de Jesus Cristo, jamais chegará a Deus. O próprio Jesus disse: “Eu sou o caminho, a verdade e a vida. Ninguém vem ao Pai, senão por mim.” João 14:6. Você tem o direito de escolher entre: viver ou morrer. A ‘serpente venenosa’ está assolando o mundo, você pode chamar esta serpente de qualquer coisa que está te afligindo, tirando a sua paz. Se quiser ser livre, olhe para cruz. Jesus morreu por amor a você. Para que a sua alegria seja completa, saiba que Jesus morreu na cruz, mas ao terceiro dia Ele ressuscitou. Ele está vivo e intercede por você. Creia e busque-o agora. Não espere o amanhã, ou quando ficar mais velho. Hoje é o dia que você será redimido dos seus pecados e viverá eternamente com o Senhor. Que Deus te abençoe e que estas palavras venham tocar no profundo da sua alma. Beba da água que Jesus lhe dá. Amém Kátia 21/02/2012

krysadoradora@yahoo.com.br

Entre em contato comigo.

Nome

E-mail *

Mensagem *